Viagens de cruzeiro estão suspensas até 4 de março

As viagens de cruzeiro no litoral brasileiro vão continuar suspensas, pelo menos, até o dia 4 de março. O anúncio foi feito nesta terça-feira (15), pela Clia Brasil, Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros.

As operações desse tipo nos portos do país estão suspensas desde o começo do ano, após a identificação de surtos de covid-19 em todos os navios de passageiros que navegavam em águas nacionais, no fim de dezembro e início de janeiro.

Essa é a segunda vez que o prazo para o fim da restrição é prorrogado.

De acordo com a associação que representa as operadoras de viagens, a medida é necessária para dar continuidade ao trabalho e às discussões com as autoridades nacionais, estaduais e municipais para a retomada dos cruzeiros. Em nota, a Clia Brasil afirma que os cruzeiros são o único segmento que exige, antes do embarque para passageiros e tripulantes, níveis extremamente altos de vacinação e 100% de testes de cada pessoa.

A associação acrescenta que todos os hóspedes precisam estar com o ciclo vacinal completo, apresentar testes negativos antes do embarque, testagem contínua a bordo, uso de máscaras, distanciamento social e menor ocupação dos navios, entre outros protocolos.

O balanço da entidade informa que 130 mil passageiros embarcaram em cruzeiros, de novembro do ano passado até o começo de janeiro deste ano, quando as operações foram suspensas. Entre eles, 1.100 casos de covid-19 foram confirmados, o que representa menos de 1% do total.

A expectativa da Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros era que esta temporada movimentasse 1 bilhão e 700 milhões de reais.

Edição: Jacson Segundo/ Marizete Cardoso

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.