Valores a receber: quase metade das liberações é de menos de R$ 1

Moedas de real

Quase metade das pessoas que esperava encontrar grandes valores esquecidos nos bancos ficou decepcionada: encontrou nas contas até um real. A quantia representa 42,8% das liberações para pessoas físicas, ou seja, R$ 13,8 milhões.

O balanço do Banco Central diz respeito a primeira fase dos valores a receber e mostra ainda que houve 36 mil liberações entre R$ 10 mil e R$ 100 mil, sendo que 1.318 dizem respeito a faixa mais alta: R$ 100 mil, o que representa 0,00004 % do total.

Os montantes de até R$ 10 concentram 69,7%: 8,7 milhões de liberações.

Dos R$ 3,9 bilhões inicialmente previstos pelo Banco central, foram liberados R$3,2 bilhões a mais de 27 milhões de pessoas físicas. Os cerca de R$ 620 milhões restantes estão destinados a empresas.

Como há casos em que um mesmo CPF tem mais de um valor a receber, foram realizadas 32,4 milhões de transações.

Lembrando que as pessoas nascidas entre 1968 e 1983 ou empresas abertas nesse período já podem pedir o saque de recursos esquecidos em instituições financeiras. O prazo vai até sexta-feira (18), e o site é o valoresareceber.bcb.com.br. Quem perder a data ou o horário poderá fazer uma repescagem no sábado (19).

*Com informações da Agência Brasil

Edição: Rádio Nacional/Edgard Matsuki

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.