Surto de covid-19 atinge três cruzeiros na costa brasileira

Foram identificados casos de covid-19 no cruzeiro MSC Preziosa, que atracou no Rio de Janeiro neste domingo (2). Com isso, já são três os cruzeiros turísticos com surtos do novo coronavírus registrados nos últimos dias.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio afirmou que, após contato com a Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, foi informada de que cerca de 20 pessoas foram infectadas na embarcação. Elas estão em isolamento a bordo. Também estão isoladas outras 40 pessoas que tiveram contato com os pacientes. A Anvisa e os serviços de vigilância em saúde do estado do Rio e do município carioca estão no cruzeiro investigando a situação do navio.

Este é o terceiro cruzeiro com casos de covid-19 no Brasil identificados nos últimos dias. A Anvisa já havia interrompido as atividades do cruzeiro Costa Diadema, atracado em Salvador, na Bahia. Já o cruzeiro MSC Splendida, que estava no Porto de Santos, em São Paulo, que também suspendeu as atividades devido a uma série de casos de covid-19.

Na última sexta-feira (31), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária recomendou a suspensão das atividades de cruzeiros no país, de forma preventiva, para evitar a transmissão da variante Ômicron. A agência argumentou que a retomada das atividades de cruzeiros foi autorizada pelo governo federal no início de outubro, antes da chegada da nova variante a nível mundial, relatada pela primeira vez no final de novembro.

Segundo a Anvisa, a suspensão dos cruzeiros é necessária até que se faça uma nova avaliação sobre a situação epidemiológica à nível nacional. Em nota, o Ministério da Saúde informou que vai avaliar as medidas cabíveis a serem tomadas em relação aos cruzeiros em conjunto com os ministérios relacionados ao tema.

De acordo com a legislação vigente, as medidas de restrição para entrada no país devem ser tomadas em conjunto com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e com a pasta da Infraestrutura.

Edição: Sâmia Mendes/ Suzana Guimarães

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.