Piso salarial dos professores aumenta 33% e passa para R$ 3.845

Escola, aulas presenciais em São Paulo

O piso salarial dos professores da rede pública vai passar de R$ 2.886 para R$ 3.845, um aumento de 33,24%. Esse é o valor mínimo que o profissional deve receber no país. O anúncio do reajuste foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro, nas redes sociais.

Bolsonaro escreveu que é o maior aumento já concedido, desde o surgimento da Lei do Piso, em 2008.

Durante uma transmissão ao vivo o presidente justificou que o aumento é máximo que legislação permite.

A legislação determina uma fórmula matemática para esse reajuste, que é a seguinte: a partir do valor por aluno definido pelo Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, a lei determina que se aplique as variações da inflação e do ICMS, Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, recolhido pelos estados.

De acordo com a Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação, mais de 1,7 milhão de professores da rede pública de estados, municípios e do Distrito Federal devem ser beneficiados. Eles dão aula para 38 milhões de alunos.

O reajuste de 33% foi maior que os 7,5% recomendados pelo Ministério da Economia.

Edição: Sheily Noleto / Beatriz Arcoverde

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.