OMS monitora nova variante da covid-19 que combina Ômicron com Delta

A OMS a Organização Mundial da Saúde informou nesta quarta-feira que está monitorando o surgimento de uma nova variante do coronavírus que combina características genéticas duas outras versões do vírus: a Ômicron e a Delta. A mistura das duas variantes tem sido chamada informalmente de Deltacron.

A primeira evidência mais sólida de um vírus recombinante Delta e Ômicron foi compartilhada pelo Instituto Pasteur, da França.

A diretoria técnica da Organização Mundial da Saúde informou que a entidade está ciente dessa nova variante, já identificada em três países europeus.

Em países da Europa a variante Delta continuava circulando de forma expressiva quando surgiu a variante Ômicron, o que pode explicar essa recombinação.

De acordo com a OMS  até o momento, não foi identificada nenhuma severidade maior da infecção pela nova variante, mas que pesquisas e estudos ainda estão em andamento.

Edição: Agência Brasil

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.