MEC estreia Canal Educação na multiprogramação da TV Brasil da EBC

O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, participam do lançamento do Canal Educação e do Canal Libras, no Palácio do Planalto.

A partir desta terça-feira (26), dois canais inclusivos passam a fazer parte da programação aberta e na internet: o Canal Educação e o Canal Libras. O primeiro aborda temas de educação infantil até o ensino superior, e vai ao ar na programação do canal público, a TV Brasil, da EBC, Empresa Brasil de Comunicação. A iniciativa também vai servir de ferramenta para a capacitação de professores, coordenadores e gestores escolares.

Durante a cerimônia de lançamento, no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro disse que o conhecimento é uma ferramenta para agregar valor ao que é produzido no Brasil. Por isso, defende que os gestores saibam como incentivar o conhecimento entre os jovens.

Além da TV Brasil, que é um canal público e aberto, o Canal Educação estará disponível nos pacotes de TV por assinatura e via satélite. A programação já está pronta e tem quatro atrações próprias: o semanal Falas Da Educação.

São debates com especialistas sobre as melhores práticas para a educação. Tem também o já conhecido MEC em Ação, com pequenas inserções de um minuto durante a programação, sobre a atuação do Ministério da Educação. E tem ainda o especial Cápsulas da Educação, e o Bate Papo em Libras, que busca levar interação para pessoas com deficiência auditiva.

Outra novidade é o Canal Libras: esse vai ser transmitido exclusivamente na internet. E vai levar conteúdo da rede nacional de educação, voltado para a comunidade surda. O projeto é para as plataformas digitais, mas alguns materiais podem ser exibidos no Canal Educação, na TV Brasil, que também pode ser acompanhado pela internet.

Durante o evento de lançamento dos dois canais, participaram diversas autoridades e a primeira-dama, Michele Bolsonaro, que falou aos presentes por meio da Língua Brasileira de Sinais.

Para assistir aos dois canais, pelo YouTube, basta pesquisar por Canal Educação ou Canal Libras Br.

Edição: Bianca Paiva / Guilherme Strozi

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.