Itamaraty dá orientações para estudantes na Ucrânia

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil anunciou ações para além de ajudar os brasileiros que vivem na Ucrânia. O ministro Carlos França disse nesta quinta-feira que o Itamaraty também deve ajudar estudantes que estão na Rússia a chegarem à capital, Moscou.

O ministro das Relações Exteriores Carlos França participou de uma transmissão ao vivo nas redes sociais do presidente Jair Bolsonaro. Nela, França disse que o Brasil também pode ajudar a Argentina e o Equador a trazer de volta cidadãos que estão na Ucrânia.

Carlos França destacou que o resgate em território ucraniano está sendo planejado, mas só será realizado quando houver segurança para fazer a operação. De acordo com o ministro, cerca de 500 brasileiros vivem na Ucrânia. Entre eles, profissionais liberais, jogadores de futebol e estudantes.

A Embaixada do Brasil na capital ucraniana, Kiev, permanece aberta. E o Itamaraty divulgou um telefone para fornecer informações 24 horas por dia. O número é de Brasília. O código do país é 55, o DDD é 61 e o telefone é 98260-0610.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.