Imposto de Renda: erros de preenchimento levam à malha fina

Para quem ainda está separando a documentação para informar renda, despesas médicas, escolares ou outros tipos de deduções, é preciso estar atento ao preenchimento da declaração e evitar cair na malha fina, que é uma análise mais profunda realizada pela Receita Federal quando há alguma diferença entre as informações apresentadas pelo contribuinte e aquelas fornecidas por outras entidades, como empresas, instituições financeiras e planos de saúde.

O contribuinte que omitir receitas ou bens de forma intencional, informar gastos com saúde ou educação de outra pessoa e incluir dependentes inexistentes pode sofrer um processo-crime por evasão fiscal, com pena de até a cinco anos de prisão.

O professor contabilidade financeira e tributária Murillo Torelli Pinto lembra que se o contribuinte notar que preencheu algo errado sem querer, ele tem a opção de retificar por conta própria as informações.

Quando comprovada a intenção de fraudar informações, essa multa dobra e pode ter início uma denúncia contra a ordem tributária, como explica o especialista Murillo Torelli Pinto.

Para aqueles que já declararam o Imposto de Renda 2022 e querem conferir o status do envio, basta acessar o portal e-Cac, Centro Virtual de Atendimento, no site da Receita Federal.

Edição: Jacson Segundo / GT Passos

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.