Farmácias da capital paulista ficam sem testes para gripe e covid

Nesta semana farmácias e clínicas particulares de São Paulo não estão tendo disponibilidades para os testes rápidos de gripe Infuenza e da covid. o consumo desses testes cresceu muito nos últimos dias. a gripe Influenza e a covid estão preocupando os moradores, que acabaram de sair das festas de Ano Novo e tentam retomar a rotina de vida e trabalho na maior cidade do país.

Prontos socorros, postos de saúde, unidades médicas de bairros vêm sendo procurados por grande número de moradores atrás de testes e consultas por estarem apresentando sintomas como febre, dor de garganta, coriza.

Os vírus da covid e da Influenza são diferentes, embora alguns sintomas sejam semelhantes. há casos de a mesma pessoa contrair os dois vírus.

Diante do aumento da demanda por testes, a Secretaria Municipal de Saúde da maior cidade do país decidiu, a partir desta quarta-feira, testar aqueles que procurarem as unidades de saúde da capital paulista e que estiverem com os sintomas parecidos com uma gripe ou covid. o objetivo é identificar o que o morador tem, isolar e fazer o tratamento adequado.

Somente na capital, os casos de covid aumentaram cerca de 30%. o aumento está relacionado à chegada da variante Ômicron a partir de dezembro.

Nesta quarta-feira, São Paulo contabilizava 69 casos da nova variante. o último levantamento feito pelo Instituto Butantan indicou que 52% dos sequenciamentos confirmados no estado são dessa nova variante.

O Hospital Albert Einstein, na capital, informou em nota que a variante Ômicron do coronavírus já corresponde a 76% das amostras de testes sequenciados pela instituição nos últimos 30 dias.

Diante do cenário, a prefeitura de São Paulo resolveu adiantar-se e tomar uma decisão sobre a realização do carnaval de rua. o anúncio será feito nesta quinta-feira, dia 06 de janeiro.

Anteriormente, a prefeitura havia informado que a decisão sobre o evento aconteceria até o dia 10 de janeiro. a vigilancia sanitária, mesmo grupo técnico que sugeriu o cancelamento do réveillon da avenida paulista, vai analisar a viabilidade ou não do carnaval aqui na cidade de São Paulo.

Edição: Beatriz Arcoverde

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.