Depois do RJ, São Paulo também desobriga uso de máscaras ao ar livre

Usuários de transporte público utilizam máscaras de proteção contra covid-19 em ponto de ônibus na rua da Consolação

Máscaras deixam de ser obrigatórias em espaços abertos de São Paulo

A regra entrou em vigor nesta quarta-feira (09). O decreto autorizando a flexibilização foi assinado pelo governador do estado, João Dória, durante uma coletiva para a imprensa. Isso se aplica à ruas, parques, pátios de escolas, praças, em todo o estado de São Paulo.

As máscaras continuam obrigatórias para espaços fechados, como salas de aula, teatros, cinemas, transporte público e escritórios.

Mas apesar da mudança, os especialistas do comitê científico que assessora o governo nas decisões sobre a Covid-19 continuam recomendando o uso em algumas situações. Paulo Menezes, coordenador do comitê, acha que é bom seguir usando máscaras em caso de grandes aglomerações. Isso porque são situações em que o vírus se propaga mais facilmente.

Já o coordenador executivo, João Gabbardo, lembrou que o uso também é recomendado para quem tem sintomas de gripe, ou, pessoas mais vulneráveis a covid, além das pessoas que não foram vacinadas. 

O uso das máscaras em espaços públicos de São Paulo passou a ser obrigatório há quase dois anos, em maio de 2020.

A justificativa para a flexibilização foi a queda no número de casos, óbitos e internações por covid 19, associada a uma boa cobertura vacinal. Segundo o Programa Estadual de Imunizações, mais de 89% das pessoas com mais de 5 anos do estado já completaram o esquema vacinal com pelo menos duas doses de vacina ou a vacina de dose única.

O decreto também extinguiu a limitação de público em grandes eventos em espaços abertos e em estádios de futebol. A partir desta quarta-feira (09), esses locais podem funcionar com 100% da lotação.

Já a apresentação da carteira de vacinação para entrar nesses espaços continua sendo obrigatória.

Edição: Roberto Piza / Guilherme Strozi

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.