Baiana de 121 anos pode ser a mulher mais velha do mundo

Uma baiana de Bom Jesus da Lapa pode ser a mulher mais velha do mundo. Nascida no dia 16 de junho de 1900 no povoado de Bela Vista, onde ainda reside, Maria Gomes dos Reis tem 121 anos. A história da idosa só foi descoberta após um atendimento prestado pelo Samu, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Ao ser encaminhada a uma Unidade de Pronto-Atendimento por falta de ar, a idade avançada de Maria foi motivo de muita curiosidade entre os profissionais de saúde e a própria família, que desconhecia a possibilidade de a matriarca ser dona de um recorde mundial, como relata a bisneta Vitória Stefane Gomes, de 26 anos.

De acordo com o Livro dos Recordes, atualmente, o título de mulher mais velha do mundo pertence a freira francesa Lucile Randon, de 118 anos. A religiosa foi anunciada oficialmente como detentora do recorde em abril deste ano, após a morte da japonesa Kane Tanaka, que viveu 119 anos.

A baiana Maria Gomes dos Reis vive acamada por ter sofrido uma queda e fraturado a bacia. De origem humilde, a idosa recebe os cuidados dos netos e bisnetos e é definida como batalhadora, uma mulher que viveu dedicada à família. A centenária teve oito filhos, mas sete deles morreram quando eram bebês. Com sete netos, 13 bisnetos e sete trinetos, número que logo vai subir para nove já que mais dois estão prestes a nascer, Maria Gomes dos Reis ainda tem momentos de lucidez, a bisneta Vitória conta que ela conversa, enxerga e é lúcida.

Segundo os familiares, a prefeitura de Bom Jesus da Lapa realizou o pedido inscrição da idosa de 121 anos no Guinness Book e aguarda análise da proposta. Tentamos contato com a prefeitura para confirmar a informação, mas não recebemos retorno até o fechamento desta reportagem.

*Com produção da Dayana Vítor

Edição: Bianca Paiva / Beatriz Arcoverde

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.