Aumentou o número de mortos e feridos no feriado de Ano Novo de 2022

Cresceu o número de mortos e feridos causados por acidentes nas rodovias do país no feriado do Ano Novo de 2022 em comparação com o réveillon de 2021. Por outro lado, os números de acidentes e acidentes graves registraram queda. Além disso, mais de 440 pessoas foram detidas durante os quatro dias de operação da Polícia Rodoviária Federal.

Foram registrados, no período, 730 acidentes em todas as rodovias do país, 4% a menos do que na virada do ano de 2020 para 2021. Já o número de acidentes graves, que envolvem mortos ou feridos, caiu 9% na comparação com o ano anterior. Neste final de ano, foram 187 acidentes graves. Já o número de mortos no feriado foi de 65, contra 62 óbitos registrados nas estradas do país na virada de 2020 para 2021. E o número de feridos cresceu 3% neste feriado, passando de mil o número de pessoas feridas nas rodovias.

O coordenador geral de segurança viária da Polícia Rodoviária Federal, André Azevedo, associa o aumento de mortes e feridos com a situação da pandemia em ambos os anos.

O acidente mais grave foi registrado na Bahia, na BR 349, onde dois ônibus colidiram, deixando 32 feridos e 4 mortos.

A operação da Polícia Rodoviária Federal ainda deteve 442 pessoas, sendo 199 presos por crimes de trânsito. Foram realizados ainda 35 mil testes para identificar motoristas alcoolizados. A cada 37 testes de bafômetro, 1 motorista foi flagrado com algum nível de álcool no sangue.

Ao todo, mais de 7,5 mil policiais participaram da operação abordando mais de 59 mil veículos nas estradas. Além disso, foram emitidas 37 mil autuações de trânsito entre o dia 30 de dezembro e o dia 2 de janeiro.

Edição: Raquel Mariano / Beatriz Arcoverde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.