Anvisa libera CoronaVac para crianças e jovens de 6 a 17 anos

Vacinação de crianças contra a covid-19  na UBS 5 de Taguatinga Sul

Crianças a partir de seis anos e adolescentes até 17 anos podem ser vacinados contra a covid-19 com a CoronaVac. A liberação do imunizante para esse público foi anunciada nesta quinta-feira (20) pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, em reunião extraordinária dos diretores. O pedido de uso emergencial da vacina para essa faixa-etária foi feito pelo Instituto Butantan, que fabrica a CoronaVac no Brasil.

O imunizante será o mesmo utilizado nos adultos, sem nenhum tipo de adaptação para uma versão pediátrica, e deve ser aplicada em duas doses, com intervalo de 28 dias.

Só não podem receber a vacina CoronaVac os imunossuprimidos, ou seja, aqueles que têm baixa imunidade.

O gerente-geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes, afirmou que os estudos analisados pela Agência demonstram que há segurança na vacina CoronaVac para esse público. Outro argumento apresentado pelo gerente em favor da vacinação das crianças, é de que ainda não há medicamentos indicados para o tratamento da covid em menores de 12 anos. 

No início da reunião, o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, apresentou dados sobre a gravidade da pandemia de covid neste momento, com o avanço da variante ômicron, inclusive, entre as crianças, ressaltando que, nos últimos dois meses, o número de internações pediátricas em São Paulo aumentou em mais de 70%.

Barra Torres advertiu que a pandemia não acabou, e que a população deve seguir se protegendo. Ele citou números sobre o contágio no país, e acrescentou que qualquer informação contrária não vai contribuir com a saúde pública.

Antes da reunião desta quinta-feira (20), havia a expectativa de que a imunização com a CoronaVac fosse liberada a partir dos três anos de idade. Mas, conforme foi apresentado pelo colegiado da Anvisa, ainda faltam estudos complementares para garantir segurança a essa faixa etária.

Edição: Bianca Paiva / Guilherme Strozi

Fonte: Rádio Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.